O que é Arritmia Cardíaca?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O coração é o órgão responsável por bombear o sangue para todo o organismo, levando oxigênio e nutrientes para todo o corpo. Existe um ritmo normal de batimentos cardíacos, chamado de ritmo sinusal, que tem uma frequência de 60 a 100 batimentos por minuto (BPM), além de uma pulsação padrão. 

Por vezes, esse compasso pode sofrer alterações, seja por influência externa (cafeína, medicamentos,…), seja por modificações do próprio organismo (no coração, nos vasos sanguíneos, nos nervos, etc.). Esse descompasso – irregularidade dos batimentos cardíacos –  é chamado de arritmia cardíaca.

Quais são os tipos de arritmias cardíacas? 

As arritmias podem ser divididas em três categorias, ritmo cardíaco mais lento, abaixo de 60 BPM, chamado de bradicardia; ritmo cardíaco acelerado, acima de 100 BPM, chamado de taquicardia; ou ritmo irregular.  

 Entretanto, essas situações podem se sobrepor, ou seja, uma pessoa pode apresentar batimentos mais rápidos e irregulares ao mesmo tempo. Além disso, esse descompasso cardíaco pode ocorrer de maneira fisiológica, com os batimentos cardíacos se elevando devido ao exercício físico ou à emoções.  

Quais são os sintomas da arritmia cardíaca? 

O paciente poderá apresentar sintomas que variam desde palpitações (batedeiras), à dores no peito. Dentre os mais comuns estão os desmaios e as tonturas. No entanto, a pessoa pode chegar a apresentar fraqueza, pressão baixa e, até mesmo, confusão mental. 

Casos mais graves podem levar o paciente a uma parada cardiorrespiratória e à morte, entretanto, os mais leves, não chegam a acarretar sintomatologia. 

O acompanhamento médico torna-se importante, principalmente, para aqueles que já passaram por cirurgia no coração e/ou apresentam problemas como insuficiência cardíaca, ou possuem histórico de infarto do miocárdio. 

Quais são as causas da arritmia cardíaca? 

São diversos os motivos que podem acarretar uma arritmia cardíaca, doenças como hipertensão, diabetes, hipertireoidismo, ao longo prazo, podem trazer consequências à estrutura cardíaca e aos pulsos elétricos, que produzem os batimentos, alterando o ritmo normal. 

 O uso de substâncias como café, bebidas energéticas, bombinhas para asma, e outras, também pode alterar, de forma momentânea, as batidas do coração. Outras vezes, como consequência de patologias, a arritmia será persistente e necessitará de tratamento para controle ou reversão ao ritmo natural.

Como é o tratamento? 

O tratamento de cada tipo de arritmia será específico e dependerá da avaliação de um médico especialista, que avaliará todo o contexto do paciente e realizará exames específicos, como o eletrocardiograma. 

A reversão do ritmo cardíaco irregular para normal pode envolver medicações, intervenções cirúrgicas, implante de marcapasso, uso de desfibrilador, entre outros métodos. 

Como para a maioria das doenças cardíacas, a prevenção é o melhor remédio. A adoção de uma dieta saudável e exercícios físicos podem prevenir a instalação de doenças que podem acarretar um descompasso cardíaco.

Quais são as consequências da arritmia cardíaca? 

Nas causas temporárias de arritmias, não ocorrerão malefícios a longo prazo, a não ser que a substância causadora do problema seja utilizada por tempo muito prolongado. 

 Agora, nos casos de patologia, quando não diagnosticada, ou não tratada corretamente, o ritmo alterado pode impedir o coração de exercer normalmente sua função de bomba, não distribuindo o sangue corretamente. Também há a possibilidade de formação de trombos, a partir dos batimentos errôneos, levando à obstrução de vasos e, até mesmo, à morte.

 Gostou do conteúdo? Aproveite para curtir a página do Hilab!

Ministério da Saúde. Arritmia cardíaca tem diversas causas e pode desencadear AVC e infartos. Disponível em <http://www.blog.saude.gov.br/index.php/saudeemdia/32286-arritmia-cardiaca-tem-diversas-causas-e-pode-desencadear-avc-e-infartos>. Acesso em: 31/07/2019

Ministério da Saúde. Arritmia Cardíaca: Descompasso no Coração. Disponível em: <http://www.blog.saude.gov.br/index.php/promocao-da-saude/50661-arritmia-cardiaca-descompasso-no-coracao>. Acesso em: 31/07/2019

Sociedade Brasileira de Cardiologia. Arritmia Cardíaca. Disponível em:<http://prevencao.cardiol.br/doencas/arritmia-cardiaca.asp>. Acesso em: 30/07/2019

Maurycio Ariel

Maurycio Ariel

Maurycio é estudante de medicina e apaixonado por escrever. Não consegue passar o dia sem assistir a, pelo menos, um jornal e informar-se sobre o que acontece no mundo. Tem como meta levar informação e conhecimento às pessoas, a fim de ajudar na construção de uma sociedade mais lúcida.

Leia mais:

Gostou do artigo? Avalie

Média da classificação / 5. Número de votos:

Acompanhe todas as novidades do mercado farmacêutico: assine a newsletter para receber conteúdo exclusivo.
Para entrar em contato com a central de atendimento é necessário aceitar a Politica de Cookies.