O que é ácido úrico?

O ácido úrico é uma substância produzida naturalmente no organismo em decorrência do processamento de purinas (bases nitrogenadas que ajudam a formar o DNA ) e do consumo de alimentos ricos em proteínas como carnes vermelhas e frutos do mar. 


Normalmente  é excretado pela urina, porém, níveis elevados dessa substância (hiperuricemia)  podem estar relacionados a patologias como a gota, doença que causa dores intensas e é caracterizada pela deposição de cristais de uratos nas articulações e em alguns órgãos como os rins. 

Estudos têm evidenciado, ainda, a associação de hiperuricemia com doenças cardiovasculares, obesidade, dislipidemia (níveis aumentados de gordura no sangue), pressão alta (hipertensão arterial) e, outras síndromes metabólicas.

Para que serve o ácido úrico?

Nosso organismo necessita de proteínas para exercer suas funções vitais. Em virtude da degradação dessas proteínas para as demais funções do corpo, são gerados produtos dessa reação, as purinas.

As purinas são rapidamente degradadas no fígado por uma enzima denominada xantina-oxidase, gerando o ácido úrico e cristais de urato.  

Visto que o organismo humano não é capaz de metabolizar ou destruir os uratos, e para manter normais as taxas de ácido úrico no corpo humano, torna-se necessário que ele seja eliminado pelo rim, intestino e/ou bile.

Quando a função renal está comprometida, essa excreção é reduzida e os níveis no sangue tendem a se elevar.

Para que serve o exame ?

O ácido úrico é um resíduo gerado em decorrência da degradação de purinas, as quais são utilizadas para a diferentes processos metabólicos  no organismo.

A dosagem dos níveis de ácido úrico no sangue é um dos métodos mais usados para avaliação da função renal e também casos de artrite gotosa (gota). 

O que pode causar níveis elevados de ácido úrico no sangue? 

Os valores podem estar elevados por diferentes motivos, entre eles a alta ingestão de proteínas, exercícios físicos rigorosos e também problemas renais.

Quando os rins apresentam um comprometimento, a sua capacidade de filtrar o sangue é reduzida, levando ao um aumento nas concentrações de ácido úrico. Quanto mais alto estiverem os níveis de ácido úrico, mais grave pode ser o caso de insuficiência renal e os problemas gerados.

Por que é importante fazer o exame? 

Como vimos, por meio deste exame é possível detectar se o rim está com seu funcionamento correto ou em fases precoces de insuficiência renal, evitando, assim, as complicações renais e patologias associadas.

Valores aumentados podem indicar condições como:

  • Artrite gotosa (Gota);
  • Quadros de insuficiência renal;
  • Cálculos renais (pedras nos rins);
  • Doenças Cardiovasculares (doenças do coração);
  • Diabetes;
  • Acidose metabólica; 
  • Doença renal crônica. 

Para quem o exame é indicado?

O exame é indicado a qualquer indivíduo com risco de desenvolver doenças reumáticas e renais.

Isto inclui pessoas com:

  • Hipertensão arterial (pressão alta);
  • Dieta rica em proteínas;
  • Cálculos renais (pedras nos rins);
  • Uso crônico de anti-inflamatórios e diureticos;
  • Diabetes mellitus;
  • Infecção urinária;
  • Hipertireodismo;
  • Consumo de álcool excessivo;
  • Infecção renal.

A avaliação do ácido úrico sérico é um exame de fácil realização e de baixo custo, podendo ser útil na prática clínica, especialmente em portadores de síndrome metabólica, pessoas com hipertensão arterial e pacientes pós diálise.

Quais valores de ácido úrico são considerados normais?


Para este exame são adotados os seguintes intervalos:

Valores normais: 

  • Homens: 3,4 – 6,99 mg/dL;
  • Mulheres: 2,39 – 5,7 mg/dL;

Valores alterados:

  • Mulheres: ≥ 6,0 mg/dL  ou seja, acima de 6,0mg/dL;
  • Homens: ≥  7,0 mg/dL;

Quando o ácido úrico está aumentado no sangue, dizemos que há hiperuricemia e, quando as taxas se encontram diminuídas, se diz que há hipouricemia.

Com que frequência devo realizar o exame? 

 

A dosagem de ácido úrico sérico pode estar inclusa em seus exames de rotina como glicemia, perfil lipídico entre outros, sendo recomendado realizá-los anualmente.

Pacientes portadores de artrite gotosa e portadores de doenças renais, devem realizar o exame de ácido úrico constantemente, principalmente a fim de avaliar o sucesso do tratamento realizado pelo médico.

Gostou de saber mais sobre o exame de creatinina? Aproveite para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos sobre saúde

BARBOSA, Monica Cristina Campos et al . Associação entre ácido úrico e variáveis de risco cardiovascular em uma população não hospitalar. Arq. Bras. Cardiol.,  São Paulo ,  v. 96, n. 3, p. 212-218,  Mar.  2011 .   Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2011000300007&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 07 de outubro de 2020. 


MORESCO, Noal. Ácido úrico como fator de risco para doenças cardiovasculares e síndrome metabólica. Rev. Bras. Farm, v. 92, n. 1, p. 3-8, 2011. Disponível em:  de outubro de <https://www.rbfarma.org.br/files/rbf-2011-92-1-1.pdf>. Acesso em: 07 de outubro de 2020.

Compartilhar artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Artigos relacionados:

InterpretandoHemograma
Cuidados com a saúde

Interpretando seu hemograma

O hemograma é basicamente o conjunto de avaliações das células sanguíneas que juntamente a outros dados clínicos, permitem o diagnóstico

Cuidados com a saúde

O que é creatinina?

Os rins exercem importante papel nas funções de excreção e regulação endócrina do organismo. Alterações renais podem acarretar distúrbios em

Cuidados com a saúde

Como parar de fumar?

O tabagismo é uma doença crônica caracterizada pela dependência à nicotina presente nos produtos com tabaco.
Sabemos que largar o cigarro não é fácil, então aqui estão algumas dicas para facilitar esta árdua tarefa.

Para entrar em contato com a central de atendimento é necessário aceitar a Politica de Cookies.